Causos de Apicultor/ meliponicultor.


Depois de me autoanalisar e, também, analisar outros criadores de abelhas, colegas meus, cheguei a conclusão que todo criador de abelha é realmente doido.

Se o amigo que está a ler esta postagem cria abelhas e considera-se saudável mentalmente, é apenas uma questão de tempo pra desencadear o processo de enlouquecimento. Esse processo pode levar mais tempo pra uns do que pra outros, um bocado já nasce doido, talvez seja o meu caso.

Vou contar alguns exemplos e pode acreditar em todos pois não perco tempo mentindo. Criador de abelha é doido, mentiroso não!
Depois de algumas reflexões, puxei da memória alguns causos mais comuns, pois se eu fosse contar todos iria levar o maior tempão.

Causos:

  • Carregar colmeia de Apis na cabeça por dentro de riacho seco e cair com a dita colmeia espatifando abelha pra todo lado, e no dia seguinte convencer vizinho ferroado que ta lhe fazendo favor. 

  • Tentar cortar catingueira de serrote pra salvar jandaíra da morte, em vazante  de açude novo. À noite, e escondido do dono, que preferia vê-la morrer a dar, emprestar ou até mesmo vender. E pra essa empreitada levar o compadre, que é cúmplice de outras loucuras mesmo não trabalhando com abelhas.

  • Colocar vidros com ração proteica fermentando dentro de armário e com dois dias esquecer de liberar a pressão, ocasionando explosão dentro do mesmo, assustando esposa que tem medo de fantasma,  segundo ela, mora em casa mal-assombrada. E depois ter que acalmá-la com as seguintes palavras: tenha calma, meu amor! Quem mandou casar com apicultor? A pobre se acalma e até rir, talvez pra não chorar – tarde demais pra se arrepender!

  • Entrar em hospital vestindo macacão, cheio de abelha pregada, pra socorrer outro - que além de doido é desastrado - assustando as enfermeiras, depois ficar assombrado vendo que o pobre quase morreu de tanto sofrer picadas.

  • Correr contra o tempo pra capturar enxame enquanto o mel escorre, atraindo africanizadas e levar mais ferroada do que quando captura Apis.

  • Colocar colmeia dentro de casa e assustar visitante, sem ser essa a intenção. E depois ter que convencê-lo que não oferece perigo, pois jandaíra não tem ferrão.

  •  Escutar um monte de absurdos e ficar calado pra não arrumar confusão, mesmo estando com a razão. Como escutar  vizinha conversadeira acusar abelha que não ferroa de ter ferroado moleque buliçoso.

  • Esquecer a hora do almoço e ir almoçar  já perto do jantar, tudo isso para observar seus curiosos comportamentos.

  • Enfrentar chuva, sol e vento e até noite escura, tudo isso por abelha, só pode mesmo ser loucura ou amor, não sei direito.

É por essas e outras que não discuto e tem horas que até concordo com quem chama criador de abelhas de doido.

Mas, cá pra nós, que eu morra doido encontrando beleza e graça, e voando no bater de asas de uma abelha. Enquanto eu não morro tomara que eu encontre muitos outros doidos contaminados por essa doce loucura, pois quando um desses doidos encontra outro (pode nunca ter se visto), não encontra apenas um louco, encontra mais um amigo.

Se você se identificou com algum desses causos, que reafirmo a veracidade, parabéns, você também é doido, digo, criador de abelhas.

E já vou logo pedindo um favor, também conte aqui o seu causo. Fique à vontade pra escrever o que quiser logo aí abaixo.

Isaac Soares de Medeiros.

18 comentários:

  1. Olá amigo Isaac,

    realmente,eu concordo plenamente com você...,todos nós que somos apaixonados pelas abelhas,também somos um pouco(ou muito)loucos...

    Mas é uma "loucura boa",onde o que nos move é essa paixão,que só aumenta com o tempo...

    Com certeza,eu já fiz muitas "loucuras"...,mas,no momento só vou dizer uma delas..."eu passei uma tarde inteira,na chuva,segurando um plástico,sobre uma caixa de jandaíra,pois essa caixa era uma transferência nova,e eu ainda não tinha trazido para o meliponário,como a chuva não passava,eu fiquei com aquele plástico,esperando a chuva passar,para que as abelhas retornassem,e fossem transferidas de local"...

    Grande abraço.
    Paulo Romero.
    Meliponário Braz.
    João Pessoa,PB.

    ResponderExcluir
  2. kkkk, Eu também ja fiz algo parecido.
    obrigado Meu amigo por compartilhar conosco o seu Causo. kkkk

    ResponderExcluir
  3. Eu também concordo com vcs!
    algumas pessoas aqui me chamam de louco porque crio abelhas... mas eu não ligo não, sabe porque? porque eu sou apaixonado pelas abelhas e pela caatinga, igual a vcs!
    Eu ja fiz muitas louras com abelhas,vou contar uma a mais recente.
    Eu fui fazer uma divisão de colônia de jandaíra e quando comecei a mexer na caixa as abelhas me atacaram !Cada picada fina! kkkkkkkk meu primo tava escondido eu corri atrás dele com a caixa na mao ele correu tão rápido que nem bala pegava kkkkkkkkk mesmo sabendo que a JANDAÍRA nao tem ferrão!
    Eu posso ser louco mais minha loucura nao faz mal a ninguém ao contrário faz bem a todos nós!!!
    Um grande abraço: Rodrigo Bezerra/ caicó RN
    (meliponicultor)

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkk Esses caras são uma comédia!!!
    Fiz uma auto psicanálise lendo estes textos e, contentando-me louco agora desafiaria inté Sigmon Freud a descrever que tara é essa nossa!!! kkkkkkk muito legal o Blog!!!
    Estou aventurando-me com as meliponas no interior de Goiás - Pirenópolis... depois vou compartilhar algumas descobertas com vcs também e somando aos causos, gosto muito das pegadinhas que faço com os amigos quando chegam na propriedade e lá estou trabalhando: vão chegando numa calma, saio correndo pro rumo deles e só vejo os rastros, kkkkkkkk, aquele Jamaicano lá pia fino perto deles!!!
    Abraço a todos do blog e posteiros!!!

    ResponderExcluir
  5. Amigo, você disse uma grande verdade. Eu sou da cidade, e mesmo com pouca idade, não vivo sem essas abelhas que só me trazem felicidade.

    As vezes me considero doido, sim. Afinal de contas, não é todo mundo que anda olhando para o céu, atrás de abelhas no oco das árvores.

    As vezes, no trânsito, abaixo o vidro do carro para olhar para as árvores, esperando achar alguma entrada de abelhas. Uma vez um mendigo maluquinho me viu olhando para cima, e começou a olhar também. Não percebendo o que eu fazia, olhava para mim com cara de quem não entendia nada e voltava a olhar pra cima. Até que ele desistiu, balançou a cabeça negativamente e seguiu seu rumo, provavelmente pensando: "e depois dizem que o doido sou eu"... rsrs

    Abs
    Leo Pinho
    http://www.toma.com.br

    ResponderExcluir
  6. Desculpe, mas coloquei meu site errado no comentário acima:

    http://www.granjapousoalegre.com.br

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente, meus parabéns! Sua região deve ser abençoada por ter um louco com um bando de abelhas como vc! E esse bando de louco que anda olhando pra cima, pro vento e qualquer planta a esmo!! Graças a Deus eu sou um desses, pois só assim, podemos ter percepções e observar situações que de outro jeito vc não vê! Hoje vizinhos me veêm andando pela quadra olhando pro seus quintais e suas plantas e ficam meio reçabiados, sabe deus oque estarão pensando, no minimo que apareceu mais um louco no bairro! Trouxe uma colméia do meliponário do meu amigo e consultor Sr. Ivam, para minha casa, no meio do bairro São José, em Manaus, Amazonas, sei que muitos creêm que aqui andamos no meio de bichos e indios, Quem pensa assim é um bando de ignorante, pois Manaus é uma metrópole de quase dois milhões de habitantes e se fosse esse o caso porque todos lutariamos pela salvação da Amazonia, precisamos da ajuda, de todos. Estou fazendo minha parte e minha equipe melípona também, achei que teriam problemas de adaptção, mas pelo contrário, coloquei minhas Uruçus perto da porta de entrada da minha casa, no primeiro dia fizeram muitos voôs de reconhecimentos, Agora a partir das 5:30 da manhã é um alvoroço de abelha carregada de polém e nectar, parece que a região não tinha abelhas em abundância e elas estão se fartando nas frutiferas da região, enfim boa florada para todos, em breve postarei fotos da minha colméia e suas benfeitorias!!
    Fabricio Pelaquine, Manaus, 31/01/11

    ResponderExcluir
  8. Obrigado amigo Fabricio pela visita e comentario.
    vamos caminhando e tentando contagiar o maximo de pessoas com essa loucura necessaria!
    Att:Isaac Soares de Medeiros

    ResponderExcluir
  9. então eu devo estar ficando meio "doido" também!
    Tem dia que fico tão hipnotizado olhando o trabalho dos únicos dois enxames ativos (um por enquanto fechou-se pra balanço interno, as jandairas que vc sabe) e não raro esqueço de ir almoçar, dai improviso indo num mercadinho vizinho e compro um salgadinho qualquer...
    Gostei de ler essas experiências!
    José Luiz - de Cuiabá - MT

    ResponderExcluir
  10. José Pedro de Oliveira13 de dezembro de 2011 07:07

    Estou contaminado com esta loucura.E me chamam doido mesmo,doido por uma boa causa,salvar essas criaturinhas da maldade de muitos.Já faz alguns anos que trabalho com a APPIS MELIFERA.Mais ou menos dois anos e meio comecei a criar as ASF,uruçu nordestina,mandaçaia e mosquitiho, estou aprendendo bastante com essas fantasticas criaturinhas,agora eu sei que estou doido mesmo kkkk!Uma das minhas loucuras,está sempre ligado nas flores,se vejo alguma das minhas ASF.Estou contaminado rsrsr.Abraços!

    ResponderExcluir
  11. José Pedro de Oliveira13 de dezembro de 2011 07:27

    Está confirmada a minha patologia. Doido mesmo! Esqueci o meu endereço. Arapiraca/Alagoas
    E-mail zepedromotos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Meu amigo, José Pedro
    Foi um enorme prazer conhecer o amigo, mesmo que por telefone. A algum tempo criei esse blog com esse objetivo, encontrar outros loucos (digo, criadores de abelhas)rsrs
    Que Deus proteja você e sua família, meu amigo. E quando aparecer por essas bandas, já sabe, tem um amigo e irmão pra visitar.
    Att, Isaac S. Medeiros

    ResponderExcluir
  13. É Isaac, mundo louco... enquanto apicultores são tidos como loucos, por muitos, pessoas criam bombas atômicas e são "tidas" como normais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E viva a doce loucura!!! O mais novo doido (meliponicultor!) do pedaço....hehehehehe. To cercando meu sitio com sansão do campo só prá protegê minhas jataí´s dos amigos do alheio. Se gostá de um bjchinho como esse é doidice ou loucura...é muito bem vinda!!!hehehehehe.

      Egon Guilherme Sturm
      Tucunduva - RS

      Excluir
  14. José Pedro de Oliveira19 de janeiro de 2013 05:58

    Estou passando para dar um alô. Abraços!
    José Pedro de Oliveira

    Arapiraca Al.

    ResponderExcluir
  15. Jah está escrito, a sabedoria de
    Deus eh loucura para os homens , quem ama as criaturas e a natureza, estah se aproximando do criador

    Leon Kosta-Teresina-PI....uruçus

    ResponderExcluir
  16. Eu prefiro ser chamado de doido e ser feliz,do que ser infeliz e ainda doido,pois crio abelhas sem ferrão em casa, na varanda e na cobertura da minha casa, no terceiro andar,na cidade,pois vivi a maior parte da minha vida na roça ,e não tenho vergonha de dizer isso para ninguém, sou caipira,e o que me inspirou a fazer isso na cidade foi a graças Sábia mulher MADRE TERESA DE CALCUTÁ, em uma de suas famosas frases que só nos faz bem .``ENQUANTO ESTIVER VIVO<SINTA-SE VIVO,SE SENTE SAUDADE DO QUE FAZIA, VOLTE A FAZE-LO.´´

    ResponderExcluir